RBFarma

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:


A Revista Brasileira de Farmácia (Brazilian Journal of Pharmacy) é um periódico científico, de publicação trimestral, veiculado por meio eletrônico (ISSN 2176-0667), cuja missão é divulgar resultados de pesquisas relevantes em Farmácia e áreas afins. Esse periódico é mantido e editado pela Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), instituição sem fins lucrativos, de caráter científico e educacional.


Tem por objetivo publicar artigos originais e de revisão que contribuam para divulgar resultados de pesquisas relevantes na área de Farmácia e Bioquímica: Atenção Farmacêutica, Farmácia Clínica, Farmacoepidemiologia, Política de Saúde, Farmacologia; Tecnologia Farmacêutica; Produtos Biotecnológicos, Controle de Qualidade; Química Medicinal, Fitoquímica; Fitomedicina, Farmacognosia, Análises Clínicas, Toxicologia e Homeopatia.

Abreviações: Rev. Bras. Farm. (RBF) / Braz. J. Pharm. (BJP)


Sua história se iniciou com o idealizador e primeiro presidente da ABF, Luiz Oswaldo de Carvalho, farmacêutico e diretor da Revista de Chimica e Physica, periódico que circulava entre 1915 e 1916, com trabalhos sobre as ciências aplicadas à medicina, engenharia, agronomia, artes e indústria. Na primeira sessão do Conselho Administrativo da ABF, realizada em 10 de março de 1916, Luiz Oswaldo de Carvalho ofereceu a Revista de Chimica e Physica para ser um órgão oficial da ABF, que passou, então, a publicar o expediente e matérias de interesse da classe. Cerca de quatro anos após, em janeiro de 1920, já na gestão do Prof. Rodolpho Albino Dias da Silva, a ABF editou o primeiro número do seu órgão oficial próprio de divulgação, o Boletim da Associação Brasileira de Farmacêuticos. Essa publicação vem sendo mantida em circulação até hoje, sendo que, a partir de 1937, passou a denominar-se Revista da Associação Brasileira de Farmacêuticos e, posteriormente, em 1941, Revista Brasileira de Farmácia (RBF).


Ciente da importância e relevância da RBF, a diretoria da Associação Brasileira de Farmacêuticos e boa parte da comunidade acadêmica e Instituições científicas de grande importância nacional e projeção internacional, tem investido significativamente na reestruturação da Revista para que possa ocupar a merecida posição de destaque científico-profissional que lhe é de direito.

Atualmente, a RBF está indexada no SECS (Seriados em Ciências da Saúde – BIREME) e no Latindex (Sistema Regional de Información em Línea para Revista Cientificas de América Latina, el Caribe, Espana y Portugal) e está avaliada pela CAPES (2009) como Qualis B5 na área de Farmácia. Nossos próximos desafios serão indexá-la ao Scielo e ao PubMed e recobrar a indexação no Scopus e no SciFinder. Estas indexações aumentarão muito a nossa visibilidade à comunidade científica internacional.

O corpo editorial da RBF está sendo reestruturado com a seguinte composição: Editor-chefe, Coordenador Editorial e Conselho Editorial de diversas instituições nacionais e internacionais. A natureza deste último grupo requer uma constituição dinâmica, de acordo com a demanda, não possuindo, pois, um número fixo de colaboradores pré-determinado.

Encontra-se disponível, em arquivo PDF, as novas normas de publicação, contendo o escopo e todos os passos da política editorial da RBF. Este documento  taambém pode ser consultado online e será rigorosamente obedecido pela equipe de trabalho. Pretende-se com isso garantir a boa apresentação do trabalho científico, assegurar a perenidade da publicação e agilizar o processo editorial.

Desta forma, esperamos disponibilizar aos autores um periódico respeitado e confiável, que contribui para a divulgação dos avanços científicos mais relevantes da área de Farmácia, de forma universal, rigorosa e ágil.




 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal